A PROFECIA DE FREI VIDAL DA PENHA Conheça uma das profecias que trata do futuro de Santana do Acaraú

10/07/2011 16:58

 No século 18 passou por Santana do Acaraú, o Franciscano Vidal da Penha, esse Frei tinha poderes paranormais e também fazia profecias, ao chegar na cidade não foi muito bem recebido pelos habitantes local e certa vez foi tomar água no rio Acaraú e deixou seu chapéu pendurado em uma cerca, quando voltou percebeu que alguém havia feito necessidades fisiológicas dentro de seu chapéu. Esse fato foi a gota d’água para o Franciscano imediatamente pegasse sua Besta e partiu com destino a Sobral, mas ao cruzar o Rio resolveu bater a sandália uma na outra e disse a seguinte frase: “Esta terra e o povo desta terra crescerão para baixo como o rabo da minha besta”. 

E prosseguiu viagem até chegar a cidade de Sobral, ao chegar na Igreja da Sé, ouviu o gemido de uma baleia e profetizou: “Próximo daqui será cama de baleia, nas cabeceiras desse riacho vão construir um açude que terá  nome de um pássaro e ficará como herança para o povo dessa região, haverá uma época que esse açude irá arrombar e todas as cidades que estão as margens desse rio serão destruídas e Santana do Acaraú será cama de baleia, pois só a torre da igreja fica do lado de fora.  
Em 1958 foi construído na cidade de Varjota um açude que recebeu o nome de um pássaro ARARAS.
No início da década de 1990 um grupo de Geólogos veio da Alemanha fazer um estudo no Açude e descobriram que foi construído sobre um enorme falha geográfica, e que qualquer abalo sísmico na região pode romper as barreiras do açude. Os Geólogos vieram até Santana do Acaraú e chegaram ao Serrote dois irmãos e lá colocaram duas bandeirinhas e informaram que ali as águas do açude chegariam mortas (sem força).
Esse texto foi baseado em testemunho de pessoas que residem na cidade de Santana do Acaraú, e como disse Júlio Verne, só o tempo poderá dizer se essas palavras são verídicas ou não.